Alterofobia: O Medo do Outro

Capítulo I – Ansidedade ao Desconhecido

O que pode ser mais aterrorizando do que aquilo que nem ainda conhecemos? Como nossa imaginação pode ir muito além das nossas experiências de hoje para imaginar um futuro negativo?

Estava em um treinamento certa vez em um momento em que mudava de país para morar em um lugar desconhecido e por tempo indeterminado. Falei da minha ansiedade no grupo e a facilitadora, muito experiente, trouxe a definição dela do que significava estar ansioso. Ansiedade, segundo ela, era fazer uma previsão negativa de futuro.

Por que eu projetava um futuro negativo nesta minha mudança?

Certamente eu poderia encontrar muitas razões para que a mudança não desse certo, mas procurando bem, acharia também razões para que funcionasse e fosse uma ótima experiência. Aliás a própria experiência já dizia que mudança de cultura significava muitas dificuldades, mas também muitos aprendizados e descobertas.

Sabendo disso, por que projetar um futuro negativo?

Fiquei imaginando que o que nos faz ansiosos tem mais a ver com o que não conhecemos. Não saber nos deixa (me deixa) apreensivo e com medo. Existe algo de não estar no controle, não saber do que vai acontecer, que traz à tona essas emoções.

E mesmo tendo decorado o mote central dos tantos livros de auto-ajuda de que controlar o que ocorre hoje e o que pode ocorrer amanhã não está mesmo ao nosso alcance, será que se lida com isso?

Estou aqui explorando e, se achar uma possível resposta, talvez venha a existir um livro de auto-ajuda em meu nome.


O próximo capítulo da série Alterofóbica…. A Necessidade de Controle:

Por que o ser humano tem a necessidade de estar no controle, de gerar previsibilidade e de criar propósito futuro?

Get My Articles on Your Email!

Signup now and receive an email once I publish new content.

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.