cheirógrafo

Entrei
Um cheiro familiar me levou
Para um alto balcão branco.

Muito alto
Não dava pra ver o outro lado
Mas o cheiro sempre dava um jeito
Porque cheiro viaja torto.

Se eu já tivesse visto antes
Porque os grandes me levantavam
Dava pra ver de novo
Mesmo sem ver.

Fui ver se tinha nas fotos da família
Como fui ver, vi
Vi que tinha as coisas de ver
Mas nada das coisas de cheirar.

Vou inventar a cheirografia
E virar cheirógrafo.